quinta-feira, 18 de novembro de 2010

Sexo e gravidez


Uma coisa é fato, uma das funções do sexo é a reprodução.
Apesar da tecnologia, inseminação artificial e fertilização in vitro, o período da gravidez ainda é imprescindível e ai, como fica a sexualidade neste período?
São nove meses de muitas mudanças, tanto físicas quanto hormonais e emocionais, como conseqüência, o desejo sexual de ambos pode flutuar durante esse período.
 A forma de lidar com as mudanças vai depender essencialmente da aceitação da gravidez e da intimidade emocional do casal.
A menos que o médico assistente aconselhe o contrário, o sexo durante a gravidez é seguro, além de manter o casal mais próximo, é também relaxante.
Algumas alterações físicas, como aumento dos seios e arredondamento dos quadris, dá formas mais femininas a mulher e isso pode ser muito estimulante para ambos.
A barriga que cresce, não deve ser razão para negligenciar a sexualidade. Uma boa transa depende sempre de duas pessoas que se desejam e querem sentir e dar prazer, isso independe de estar grávida ou não.
O aumento da barriga, o sono, as modificações em geral, podem solicitar mais criatividade ao casal, o que não significa abrir mão da alegria e da intimidade do sexo.
O casal grávido, deve considerar novas formas de explorar um ao outro, o que pode ser muito excitante e renovador para a  sexualidade de ambos.
Sexo é diversão, em todas as fases da vida!

quarta-feira, 10 de novembro de 2010

Sex Appeal

O apelo sexual é aquilo que nos faz virar a cabeça e olhar novamente para alguém, são atrativos que despertam a sexualidade.
A sexualidade é algo muito pessoal.
Algumas pessoas tem um apelo muito evidente, outras mais sutil, mas é imprescindível despertar o desejo e a fantasia no outro.
Pode ser um olhar, o sorriso, a forma de andar, de falar,  mas nada é mais atraente que  a presença, o charme e a segurança interior.
O bom humor é também estimulante, especialmente se aliado a uma certa malícia.
A beleza é sempre a beleza, mas a personalidade reflete o magnetismo sexual, por que demonstra  autoconfiança e atitude. Um pouco de imperfeição, também pode ser muito atraente.
Sex appeal, é a vibração sexual que enviamos ao outro e é construído a partir da confiança interior; É um imã, que  pode se expressar de todas as formas e tamanhos, todos os sabores e sotaques, só nos resta aproveitar!

quarta-feira, 3 de novembro de 2010

Sexo e o casal

Sexo quando é bom, pode transformar um encontro num relacionamento. Por outro lado, quando é ruim, pode acabar com um relacionamento.
Não há como negar, sexo é uma parte fundamental de nossas vidas.
Sexo traz satisfação, conforto e felicidade.
Os casais precisam ter a consciência, que com o passar do tempo as prioridades mudam e que é preciso mudar, para se adaptar ao novo modelo.
Tudo o que é tão intenso no inicio de um relacionamento, aos poucos vai se modificando.
A medida que o relacionamento fica melhor e mais seguro, a euforia dá lugar a ternura, com isso a excitação sexual inicial tende a diminuir.
É preciso evitar a acomodação para não acontecer a diminuição do desejo, pois, o sexo reafirma a ligação do casal.
Ambos,  tem o dever de manter a conexão sexual, para não reduzir os encontros sexuais aos finais de semana, ou noites de domingo.
Podem até mesmo abdicar as vezes de performances, mas a freqüência, essa sim, é a chave da sintonia sexual