quinta-feira, 28 de outubro de 2010

Rapidinhas

O corpo possui muitos caminhos e o sexo muitas velocidades.
Que tal variar com uma rapidinha?
Dessas que nem dá tempo de tirar toda a roupa? 
Jogar fora os scripts e não seguir roteiro, pode ser muito excitante para ambos.
Pensar em sexo em momentos e locais diferentes, desperta o desejo e pode proporcionar muito prazer. Sem rotina.
Mais importante que se despir das roupas, é se despir dos preconceitos, que só servem para restringir a sexualidade.
Surpreenda seu par com um beijo longo e profundo, desses que não permitem pensar em mais nada. Entregue-se, dedique-se ao prazer, não perca tempo!
Divirta-se, não há nada de errado com as rapidinhas, contanto, que não seja só o que voce faz.

terça-feira, 26 de outubro de 2010

O sexo e o álcool

Bebidas alcoólicas em pequenas quantidades podem funcionar muito bem como um desinibidor social.
Além de reduzir a timidez, tornam as pessoas mais disponíveis e sociáveis.
As bebidas são parte de nossa cultura social, amplamente utilizadas para celebrar encontros e jantares românticos. 
Os favoritos são os espumantes e os vinhos.

O vinho tinto tem uma íntima relação com o sexo, por ser uma bebida que, além de ajudar a liberar as inibições, desperta a libido, principalmente das mulheres.
Os benefícios do vinho tinto em relação à sexualidade, são historicamente conhecidos desde a Grécia antiga. 
No entanto, o exagero na dose do álcool, pode ser desanimador, pois, além de propiciar um comportamento de risco, trazendo gravidez indesejada e DSTs. Pode causar sono e até mesmo prejudicar o desempenho sexual.
Cada um tem seu limite de tolerância; é bom respeitar o seu.
Para acompanhar beba água, é muito importante para hidratar e não confundir as lembranças no dia seguinte.

segunda-feira, 25 de outubro de 2010

Corpo em evidência



Abrigamos dentro de nós muitos sentimentos.  A atração sexual e o desejo estão sujeitos a diversas influências.
A genética determina a imagem que temos e a cultura, a imagem que queremos ter.
A questão é simples, se nos damos bem com nossos corpos, ele nos dará muito prazer.
É através do corpo que nos expressamos e vivenciamos as sensações sexuais.
Quando o sentimento de inadequação e insatisfação com o corpo aparece, não é possível expressar as necessidades e desejos sexuais. A imaginação e a confiança em si mesmo, proporcionam um sexo mais emocionante, prazeroso e divertido.
Nossos corpos tem muitas áreas sensíveis ao toque, o pescoço, as orelhas, as pernas, os pés, as costas, o clitóris, a glande do pênis...as zonas erógenas  nos despertam e estimulam quando tocadas. Comece sendo seu amigo, não se deprecie, somos muito mais que celulites, ou  calvice. Quanto aos pneuzinhos, uma academia responde muito bem.

De nada adianta comprar o Kama Sutra se você esta descontente com seu corpo e precisa se esconder sob os lençóis. O sexo começa na cabeça e atingir o clímax requer entre outras coisas, a entrega e o silenciamento de áreas críticas do cérebro.
Quem gosta de sexo, gosta de corpo e sabe que ninguém é perfeito.

sábado, 23 de outubro de 2010

Sexo casual


A cada dia mais pessoas praticam o sexo sem compromisso. A ausência de cobranças e o prazer sexual, costumam ser a maior motivação do sexo casual, que pode ser muito atraente, principalmente para quem gosta de  aventuras e não está interessado  em envolvimento emocional.
Algumas pessoas embarcam em repetidos encontros sexuais, quando na verdade o que buscam é um parceiro fixo. Saber o que quer, é primordial, principalmente  para não sair dos encontros com a sensação de vazio e decepção.
Sexo casual não permite muitas expectativas, intimidade sexual não é sinônimo de romance.

Riscos existem em qualquer situação, mas é bom estar consciente antes de se aventurar no território desconhecido.
Uma boa trepada é apenas uma boa trepada e nada mais.
Tão importante quanto fazer as escolhas, é saber conviver com elas.

quinta-feira, 21 de outubro de 2010

Sexo anal


O mais popular dos tabus sexuais é apenas uma variação da prática sexual.
A bunda tem uma grande  simbologia erótica, as mulheres a usam para seduzir, os homens a querem para possuir.
O sexo anal  representa muito bem o jogo dominação/submissão.
O ânus e o reto são áreas sensíveis, há uma riqueza de nervos e músculos e quando feita corretamente, a pratica pode ser prazerosa para ambos os parceiros.
Muitos  homens demonstram  verdadeira fixação por penetração anal e algumas mulheres aversão.
É  uma questão de preferência individual e faz parte do repertório sexual de muitos casais.
Embora nem todos conheçam ou experimentem,  a estimulação anal no homem pode ser muito excitante, a próstata é muito sensível e prazerosa.
Alguns cuidados são fundamentais e a penetração jamais pode ser forçada. Gentileza, proteção adequada e lubrificação são indispensáveis.
Nada de pressão, de contestação, de ameaças.
Sexo além de desejo é disponibilidade e consentimento.
Agora, se ele quer muito e você esta curiosa, escolha uma data especial e presenteie seu amado.

quarta-feira, 20 de outubro de 2010

Prevenir é preservar


Muitos adultos  tem a falsa idéia que a proteção é desnecessária ou inadequada e com o passar dos anos a prevenção se torna tema “Tabu”.
Conclusão o uso de preservativos vai diminuindo com a idade.
Os adolescentes estão praticando mais sexo seguro que muitos de seus professores.
Não é possível ignorar as estatísticas, as DSTs afetam milhares de pessoas todos os anos no mundo inteiro, não existe grupo ou local de risco. Estamos todos no mesmo barco.
Se tocar no assunto pode parecer constrangedor, então seja criativo e prático.
Existem no mercado diversos tipos de preservativos para atender a diferentes preferências pessoais, dos aromatizados aos coloridos, texturizados, extra finos, além dos preservativos femininos. Varie na hora de comprar, tenha os seus sempre por perto e na hora H, entregue-o a seu parceiro/a com carinho,  coloquem juntos.  Existem formas muito sensuais de colocar um preservativo e com o tempo vocês se tornarão mestres.
Ambos devem ser responsáveis,  sexo prazeroso  deve ser livre de medos ou culpas, quanto mais proteção maior a entrega e portanto, mais prazer. Prevenir é preservar a vida.

terça-feira, 19 de outubro de 2010

Estar só ou ser só?


Cada pessoa tem o seu encanto,  tem uma história,  traz consigo uma bagagem do passado e tem inúmeras possibilidades.
Existe uma linha muito tênue entre estar só e ser só.
Encontrar um par não é tão difícil quanto pode parecer para alguns, difícil é ter confiança em si mesmo, saber do que  é capaz, do que tem a oferecer, do que quer receber.
 É necessário rever constantemente suas expectativas, seus conceitos e preconceitos, reciclar é fundamental.
A nossa cultura ocidental costuma inverter as coisas, ao invés de valorizar a capacidade, experiência e charme dos adultos, trata de tentar transforma-los em eternos adolescentes inseguros. 
O pior é que muitos seguem essa ditadura e a idade se torna um fardo e um desespero.
Todas as idades tem seu charme, do adolescente ao avô, trate de descobrir o seu, não permita que violem a fronteira de sua identidade, seja livre o quanto quiser, solteiro sim, mas não fique só por covardia, olhe para os lados sem medo e sem pressa.
O sexo pode ser melhor ainda com a maturidade, com a segurança de quem sabe o que quer.
Todo relacionamento é uma dança entre duas pessoas, com direito a treinos, erros e acertos, as vezes um passo errado, que importa? 
O importante é estar atento a música e não perder a melodia.

segunda-feira, 18 de outubro de 2010

18 de outubro

Muitas datas são comemoradas, umas mais outras menos, umas com presentes, outras com afago, telefonemas, cartões.
Na verdade todos os dias sempre tem algo interessante  e especial a fazer e conquistar.
Hoje, dia 18 de outubro é dia do médico, então é meu dia e comemoro com a certeza de que é muito gratificante ver o sorriso no rosto daqueles que através do meu trabalho recuperam o prazer e reaprendem a felicidade sem medos ou preconceitos!!!!!!!!!!!!!!

domingo, 17 de outubro de 2010

Incrementando a vida sexual


“Brasileiros estão insatisfeitos com o sexo, é o que aponta a pesquisa Mosaico Brasil, do Instituto de Psiquiatria do Hospital das Clínicas da Universidade de São Paulo – USP.
Na média nacional, 20,5% dos homens e 23,6% das mulheres se dizem insatisfeitos com o sexo que praticam.”

Diante desta estatística, é hora de  considerar dar uma incrementada na vida sexual.
A qualidade do relacionamento, muitas vezes se reflete sobre  a satisfação sexual.
Há muitas coisas que se pode fazer para impulsionar o desejo e erotizar os casais.
 Mudanças no estilo de vida são importantes, por que  o sentimento de bem estar é um aliado para manter o desejo sexual em alta.
Os exercícios regulares são muito importantes, freqüente aulas de salsa, dança do ventre, street, a dança é um excelente exercício, aumenta a concentração nos movimentos do corpo,  melhora a imagem corporal, eleva a qualidade do humor, aumenta a resistência, melhora a auto-estima e a libido.
 Além disso, você pode aprender os exercícios de Kegel para fortalecer os músculos pélvicos e intensificar as sensações sexuais.

Quebrar a rotina é outro grande afrodisíaco.
Descubram  diferentes locais, novas posições, conversem sobre seus gostos e desgostos, experimentem brinquedos e acessórios sexuais.   
E por fim se as dificuldades estiverem comprometendo sua felicidade, procure aconselhamento profissional, considere a visita a um sexólogo.

sábado, 16 de outubro de 2010

Original



O sexo tem uma comunicão não verbal expressa pelo corpo e suas reações e uma verbal, que são os sons que emitimos. Algumas pessoas são mais vocais que outras e as mulheres saem na frente quando se trata de gemidos já os homens são os sussurros,  ambas são formas universais de demonstrar prazer e excitação.
Sexo é um ato de participação mútua, de dois corpos e duas mentes e tanto homens quanto mulheres se tornam mais encorajados e eróticos quando estimulados no seu sentido auditivo.
Certas palavras sensuais e frases ditas na hora certa são capazes de causar enorme prazer e excitação na grande maioria das pessoas.
Existem mil formas de verbalizar as emoções,  alguns adoram frases possessivas, como:
Você é meu...outros usam palavras mais fortes, alguns xingam, gemem, outros sussurram, é a brincadeira presente no jogo sexual.
Porém todos tem seus limites e esses limites devem ser respeitados, e as vezes certas palavras não soam bem para o parceiro/a, então é melhor conversar a respeito e esclarecer que aquelas palavras se encaixam apenas naquele momento e nada mais.
É bom saber que as palavras sensuais e eróticas não precisam ser ditas apenas durante o ato sexual, as vezes é interessante pegar o outro desprevenido e sussurrar algo que pretende fazer mais tarde, isso pode ser muito excitante.
Existem também as pessoas que abafam seus sons e até mesmo aquelas completamente silenciosas, cada pessoa tem sua forma de se expressar e por fim o que conta é ser original, faça o que lhe agrada e o que aumenta o clima sensual entre você e seu par.
E acredite  sua resposta física, seu suor, suas contrações, seu batimento cardíaco, vão significar tanto quanto suas palavras e sons e todos são complementos do prazer.

sexta-feira, 15 de outubro de 2010

Masturbação

Sexo exige disposição, dedicação e treino, então que tal fazer uns ensaios com você mesmo?
A masturbação além de ser uma forma saudável de explorar sua sexualidade e conhecer seu corpo te dá mais confiança para guiar seu parceiro nos caminhos do seu orgasmo.
Não vou falar aqui dos Tabus seculares acerca da masturbação, que a via como forma pecaminosa e perigosa, vou citar alguns benefícios e cada um decide como vivenciar sua sexualidade.

Alguns imaginam a masturbação como prática de pessoas solitárias e sem imaginação, enganam-se pois é uma forma de auto conhecimento que permite a maior familiarização com o seu próprio corpo, suas respostas sexuais e um maior controle sobre seu clímax.
A masturbação mútua, praticada pelos casais  é uma forma de turbinar a sexualidade, proporcionando prazer sexual e maior intimidade entre os parceiros e pode ser um grande aliado nos momentos de impossibilidade de penetração de um dos parceiros.
É uma prática utilizada nos tratamentos das disfunções sexuais, tanto em homens quanto em mulheres, em disfunções de anorgasmia e ejaculação precoce, mas isso já é outro capítulo e abordarei em outro momento.
Portanto não se frustre nem tenha medo do seu corpo, use sua imaginação, deixe fluir as fantasias e aproveite todas as suas possibilidades de  prazer.

quinta-feira, 14 de outubro de 2010

Sexo Oral

As pessoas que reclamam de insatisfação sexual geralmente estão presas à idéia de que precisam desempenhar um papel:
 “o homem mostrar que é bom de cama e a mulher atender a todas as expectativas do homem".
Mais importante do que aprender técnicas e posições é se sentir confortável com o seu corpo, se permitir ser tocado e tocar o outro sem medo e preconceitos, sem obrigações nem pudores.
 Sexo envolve desejo, excitação e orgasmo, e embora as pessoas reajam de diferentes formas aos estímulos sexuais, não a como negar que uma excitante sessão de sexo oral pode produzir orgasmos em potencia máxima.

Comece com calma, permitindo que você e seu par tenham o tempo necessário para aproveitar cada momento e procure sempre uma posição confortável, para que ambos possam relaxar.
Quando estiver recebendo  sexo oral, concentre se nas reações do seu corpo, inspire profundamente e pense em sexo, não sabotei seu clímax com preocupações desnecessárias.

Engana se quem pensa que quem esta oferecendo sexo oral não se excita, a língua possui milhares de terminações nervosas é extremamente sensível, e a excitação criada pelo prazer do outro, é um grande estímulo e sinaliza que estamos indo no caminho certo. Esta é uma prática que apimenta qualquer relação e o mais importante, afina e sintoniza o casal sem depender de ereção, além de dar muito prazer a ambos.
Retirar prazer do sexo é cada vez mais importante, uma vez que ultrapassa as barreiras do físico e entra na esfera emocional. Além de trazer inúmeros benefícios para o corpo, o sexo bem resolvido pode fazer milagres pela mente.

quarta-feira, 13 de outubro de 2010


Quando tudo começa?
O sexo começa  no olhar, na sedução, na provocação na insinuação.
Sexo é uma construção a ser vivida e compartilhada entre duas pessoas.
Não se frustre se a primeira vez com “aquela pessoa” não foi delirante, vá com calma, é preciso perceber o  outro, o corpo tem uma linguagem própria não verbal,  e não esqueça de olhar  no olho, pois adiciona segurança e provoca mais desejo.
E seduzir não significa:
 Oba!!!!!! “ Tira a roupa que ta na hora de meter”.....
 O corpo precisa de mais, de carícias de estímulos, até para os mais apressadinhos.
É bom lembrar que no sexo tudo é permitido, apenas uma ressalva, deve ser consensual,  deve haver comum acordo entre os parceiros, nunca perca tempo agradando o outro sem realmente querer, não te leva a lugar algum.
. O sexo prazeroso não exige força nem contorcionismo, mas desejo, entrega, criatividade e bom humor. O desempenho vai muito além de horas de cavalgadas, mas de toques de mãos e dedos, de língua, de saliva, cheiros e gostos. A penetração pode ser feita de variadas formas e posições, escolham as mais excitantes, brinquem e nada de pressa de chegar lá, o orgasmo é uma conseqüência e não a finalidade do encontro sexual.

sexta-feira, 8 de outubro de 2010


Você pode estar na década de 20, 30, 40, 50, 60 ou mais, que importa?  Sexo começa com a vida e termina com a morte.
Nos remete a intimidade, amor,  emoção, tesão, e principalmente ao prazer, e que fascinante prazer.
Cada pessoa constrói sua sexualidade com sua vivência, com seu jeito, suas escolhas, seus devaneios sensuais e fantasias, por que somos seres sexuais e eróticos.
Pensar em sexo é necessário? Claro que sim, quem pensa em sexo com freqüência se erotiza mais facilmente e seu desejo se desperta com mais intensidade.
A consciência de que sexo é vital, é parte de um aprendizado e da libertação de antigos preconceitos de que o homem é mais sexual e que a mulher é mais sensual .
O prazer sexual é indispensável e  fortalece igualmente homens e mulheres, além de aumentar a imunidade e melhorar  a auto estima.

Sexo é desejo e muito mais e é disso que vou falar aqui.